sexta-feira, 30 de maio de 2014

Mídias e grades

Este é o trailer do documentário 'Mídias e Grades', realizado em 2008, em que atuei como diretor e roteirista. O documentário fala sobre a influência de programas televisivos sensacionalistas na prática de violência entre presidiários. Em ‘Mídias e grades’, homens privados de liberdade contam como foram agredidos na cadeia, depois da superexposição a que foram submetidos nos meios de comunicação, por causa do crime pelos quais eram acusados. Há também depoimentos de jornalistas, defensores públicos e gestores do sistema prisional.
‘Mídias e grades’ venceu a etapa regional Norte e foi finalista da etapa nacional do XVI Prêmio Expocom 2009 (Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação), na modalidade ‘Documentário em vídeo’, categoria ‘Jornalismo’. O prêmio foi realizado dentro do XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom).
O documentário foi ainda selecionado para a I Mostra de Cinema Universitário, realizada em 2008 pela Universidade Federal de Roraima.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Herança negra

Eles chegaram aqui escravos e transformaram o País
E agora a negritude está em todo e qualquer canto
Música, literatura, culinária, religião
Difícil é dizer onde seus traços não estão

Até a Língua Portuguesa não é mais a mesma
Filho mais novo agora é caçula
Comida gostosa é quitute
Música animada é batuque
Quem quer carinho faz dengo

E quem imaginou que, um dia, a senzala faria do Brasil a sua grande casa?

O poema 'Herança Negra' foi selecionado para publicação em 2013, pelo concurso cultural Poesia Todo Dia, realizado pela editora AlphaGraphics. Foram inscritas mais de 1.100 poesias, das quais 365 foram publicadas no livro Poesia Todo Dia. O livro pode ser adquirido nas versões impressa e digital. Recebeu menção honrosa do XI Prêmio Literário Galinha Pulando (2014), realizado pelo escritor Valdeck Almeida de Jesus, sendo selecionado para publicação no livro PRÊMIO LITERÁRIO GALINHA PULANDO 2014, que pode ser comprado nos formatos e-book e impresso no site da editora PerSe. Foi ainda selecionado em 2014 pelo projeto Declame para Drummond, que, em homenagem a Carlos Drummond de Andrade, promove a circulação de poesia autoral e a formação de público nas cidades e nas redes sociais. Além disso, foi selecionado pelo projeto Folhinha Poética 2017, e publicado na revista Gente de Palavra.


terça-feira, 27 de maio de 2014

As moedas encontradas e o homem perdido

Um homem saiu com a mulher e os filhos para um piquenique. Era domingo. Fazia tempo que não tinham um programa em família. O pai trabalhava de segunda a sábado.
No caminho, ele avistou uma moeda que reluzia na calçada. Abaixou-se para pegá-la. Nem se levantou e encontrou outra moeda. E outra. E outra. E mais outra. E as moedas se multiplicavam em um número incontável. De certo, pensou que se tivesse mais moedas, melhor seria o piquenique. E quanto mais moedas encontrava, mais planos fazia: comprar um carro, mudar de casa, deixar o trabalho para dedicar mais tempo à família.
O piquenique não aconteceu. A mulher e os filhos desistiram de esperar e voltaram para casa. Dizem que até hoje o homem está lá, jogado na calçada, na beira da sarjeta, a catar moedas que nunca o saciarão.

* O conto 'As moedas encontradas e o homem perdido' foi selecionado para publicação pelo projeto Folhinha Poética 2015 e pelo II Concurso Literário “O Velho Matemático”, para o livro 'As Aventuras do Velho Matemático'. O concurso “O Velho Matemático” foi realizado em 2013 e contou com a participação de 113 escritores na modalidade conto. O conto foi ainda publicado na coluna 'Rede Literária' do blog 'Cultura de Roraima & afins', do escritor Edgar Borges, na versão "revista" da coluna Rede Literária, publicada na Revista Somos Amazônia, da Fecomércio Roraima, edição abril/maio de 2014, e no blog 'O Velho Matemático', do escritor Paulo Henrique Gonçalves. O livro pode ser adquirido com este contista ou com o organizador da coletânea, Paulo Henrique Gonçalves.